Sintonia: Conheça a mais brasileira Série Teen da Netflix


      Lançada no dia 9 de Agosto, Sintonia é uma série brasileira da Netflix produzida em parceria com o KondZilla, idealizador e diretor de alguns episódios.
Narrada através das perspectivas de três personagens diferentes, a história de Sintonia explora a interconexão da música, tráfico de drogas e religião em São Paulo. Doni, Nando e Rita cresceram juntos na mesma comunidade, onde foram influenciados pelo fascínio do funk, das drogas e da igreja. _Wikipedia
       Ambientada na periferia de São Paulo, "Sintonia" é a tentativa mais bem sucedida de uma série Teen brasileira. Mesmo sendo uma produção em parceria com a Netflix, a série da conta de manter a brasilidade do primeiro ao último episódio e de tratar das questões presentes no local em que se ambienta.
      O formato de série teen é usado aqui somente como estrutura, não existe colégio com Mean Girls, ou um grande triângulo amoroso envolto em rivalidade feminina, ela entrega o que promete, uma série com a excelência técnica de produções Netflix para o público jovem brasileiro tratando das questões que esse público vivencia.
      Sintonia consegue, com maturidade, desenvolver temas complexos, criar diferentes arcos dramáticos (e fechá-los) e tem uma proposta fotográfica interessante, embora às vezes essa proposta se perca e a série caia no estilo novelão (o que também aconteceu com 3% e Samantha! em suas primeiras temporadas). Falando em Samantha!, a série é produzida pelo KondZilla com a mesma produtora e a empresa dessa série brasileira pela Netflix, Rita Moraes pela LosBragas.
      O Elenco de Sintonia é outro ponto forte da série, Bruna Mascarenhas é perfeita como Rita, a atuação é madura e natural, e mesmo que esteja fingindo o sotaque paulistano, é quase imperceptível. A personagem é complexa, tem uma série de nuances e um arco dramático cheio de pontos de virada e a atriz foi escalada para o papel de última hora, tendo só duas semanas para se preparar para a personagem e perder o sotaque carioca. MC Jotapê como MC Doni e Christian Malheiros como Nando também não decepcionam e parecem ter nascido para esses papéis. O trio tem uma química muito grande e são completamente afinados, a amizade parece ser de anos, assim como a dos personagens.
        Outro ponto interessante do elenco é que todos os traficantes do "movimento" retratado na série são ex-presidiários que, durante o tempo de penitenciária em Guarulhos, participaram de um projeto de formação de atores como método de reinserção social e redução de pena.
      A primeira temporada completa já está disponível na Netflix e conta com seis episódios que passam muito rápido e deixam um gostinho de "quero mais"!

Confira o Trailer:








Postar um comentário

0 Comentários