Ads Top

#Filme: The Purge: Uma Noite de Crime ~Resenha


EXPECTATIVAS ATENDIDAS? SIM
SUSPENSE (0/10): 08
DIÁLOGOS(0/10): 07
CRÍTICAS SOCIAIS(0/10): 09 
DIVERSIDADE NO ELENCO (0/10): 06

Foi durante uma aula de sociologia que me deparei com "The Purge".
Enquanto explicava os limites entre a cultura e o instinto, meu professor de Sociologia citou o filme que seria, tanto uma crítica, como uma exposição dos instintos humanos quando não controlados.
Imagine você, num país onde durante uma noite, não existem leis, nem limites, num lugar onde, uma vez ao ano, durante 12 horas, qualquer tipo de crime pode ser cometido sem nenhuma forma de punição posterior? Esse é o novo Estados Unidos da América, em "The Purge".
Com a desculpa de que ajudaria a diminuir a criminalidade, o governo americano instituiu a 'Noite do Crime' que consiste em 12 horas sem leis, durante as quais podem-se cometer assassinatos, estupros, e qualquer tipo ato ilícito/criminoso. Além disso, nada funciona: polícia, hospitais, pronto-socorros, estão parados.
Em meio à esse contexto temos a família de James Sandin, um homem que trabalha com dispositivos de segurança e tem sua fortuna garantida graças à essa noite, que para ele sempre fora tranquila, mas agora, se mostrava assustadora. 
Com uma atmosfera tensa, a trama se desenvolve de forma fluida e agitada, fazendo com que, até mesmo o silêncio seja assustador, e medonho.
Por ambientar-se na mansão da família, que acaba de ser invadida por psicopatas em busca de sangue e pelo fato dos personagens se separarem em meio ao cenário, o suspense fica mais forte.
Acompanhada da câmera, a matriarca da família procura por suas crias e tenta proteger a todos com apenas uma arma e toda sua coragem, o que contrapõe-se (creio eu que felizmente) com todo o resto mostrado no filme, já que a 'mulher forte' apareceu só nesse contexto, não quando discutia-se o comportamento (o namorado) da filha, nem quando se falava em independência financeira (inicio do filme).
Com  muito potencial para sequências, THE PURGE entra para sua lista de filmes favoritos ou que mais te fizeram refletir sobre o sistema econômico predominante mundialmente (capitalismo) e até sobre as crueldades que o ser humano é capaz de fazer quando não contido por algo/alguém.

8 comentários:

  1. Olá
    Sou super fã de Terror e Suspense, para falar a verdade eu só assisto isso e de vez em nunca um Blockbuster de fantasia.
    Mas sabe acho que enjoei desse negócio de camera, tipo não faz sentido para mim a mãe procurando os filhos pela propria mansão com uma camera na mão. Enjoei um pouco disso, e olha que gosto de assistir filme ruim.

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Eu já assisti esse filme e achei uma loucura. Fiquei imaginando o caos caso houvesse algo parecido em nossa realidade. No final das contas, achei um ótimo filme. Já vi o segundo, mas gostei mais desse.
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Olá, tudo bem com você?
    Eu não conhecia a trama,mas decerta forma eu achei bem legal todo esse enredo que eu acabei de e conferir aí em cima. Gosto quando as expectativas são mais do que alcançadas depois de ver filme (ou um livro) achei bem legal o treiler e espero ver a obra em breve. Até mais vê amore
    Bjs

    ResponderExcluir
  4. Não curto me esse tipo de filme. Apesar de amar suspenses eu prefiro os mais psicológicos e tal. Fico feliz q tenha gostado, mas não é um filme que perderia meu tempo vendo.

    Raíssa Nantes

    ResponderExcluir
  5. Oi, Matheus, tudo bem?
    Eu nunca assisti ao filme, mas não muito tempo atrás uma amiga me falou sobre a premissa do filme e eu pensei "WTF?". rs
    Que bizarro, né?! Já pensou se amoda pega? Credo! hahah
    Imagino que esse filme deixe o telespectador tenso do início ao fim e o silêncio, como você citou, pode mesmo ser assustador.
    Apesar de não gostar desse tipo de filme e ter achado a premissa sem pé nem cabeça, o fato de você ter favoritado me deixou curiosa.

    Beijos,
    Amanda
    http://www.confissoesfemininas.com/

    ResponderExcluir
  6. Olá,

    Nunca ouvi falar sobre o filme, e apesar de não ser um gênero que costumo ver muito, fiquei bem curiosa sobre a história do filme. Sua resenha - que por sinal, muito bem escrita - me deixou super curiosa. Dica anotada!

    Beijos,
    entreoculoselivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Ainda não tinha ouvido nada sobre o filme, e confesso que ele não me agradou. Eu até assisto às vezes algo do gênero, mas esse não chamou tanto a minha atenção, mesmo tendo como plano de fundo o nosso sistema econômico.
    Bjim!
    Tammy

    ResponderExcluir
  8. Olá!

    Olha, já ouvi e vi esse filme em todos os lugares, mas não fazia a menor ideia do que se tratava.
    Estou boquiaberta, 12 horas sem lei? É muito coisa de EUA mesmo. Estou aqui imaginando as poucas e boas que os personagens passam para sobreviver à essas 12 horas. Gostei da dica, mutio obrigada.

    Ingrid Cristina
    Plataforma 9¾

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.