Ads Top

Vamos falar sobre? - LGBTFobia: "CARTA: DE UM MENINO ASSUSTADO AO FUTURO"


CARTA: DE UM MENINO ASSUSTADO AO FUTURO

By: Matheus Pataro Soares

Escrevo (assustado) do Brasil, no dia 16/07/2016. São 22:47 e acabo de receber a notícia de mais um LGBT agredido, este, fisicamente, dentro de sua própria família...
Temos vivido, em um ambiente hostil e reacionário, onde a conquista de direitos das minorias serve de motivo para uma repressão violenta e até assassina. Onde, a simples demonstração de afeto se torna combustível para agressões, e onde, coisas que deveriam ser engraçadas, perpetuam discursos de ódio. 
Enquanto muitos covardes se escondem nas sombras, no anonimato ou até na política para colocar pessoas para baixo, um movimento lindo, começa a se erguer, usando da internet como forma de informar, se informar e militar, já que as ações midiáticas tem tido o objetivo de calar o que eles chamam de 'libertinagem', pois acham perigoso demais para a proteção do sistema segregador que eles tanto amam.
Assustado estou, pelo modo como se encaminham as coisas, assustado, pela recorrência destes fatos. Susto, revolta, tudo agora se mistura, criando um turbilhão de sentimentos que beiram ao medo, medo esse, que tenta me (nos) silenciar. Mas que não vai conseguir, pois caso isso aconteça, saberemos que a luta acabou... E isso não pode acontecer... Não pode acontecer pelo simples fato de vidas importarem, pelo simples fato de todos sermos iguais e termos os mesmos direitos. Pelo simples fato de:  EU NÃO QUERO ME CALAR!
Escrevo, não só por precisar me expressar, e liberar toda essa raiva que agora me possui, escrevo, pela esperança de que daqui à 20 anos, quando alguém leia esta carta, não exista mais esse tipo de coisa, e isso, seja apenas uma história, lamentável, porém não presente. 
Escrevo, acima de tudo, para que possamos repensar nossas ações, pensamentos, posicionamentos e 'verdades'. Hm..."Verdade"... palavra de significado um tanto quanto estranho e que deve ser sempre questionada. 
Escrevo, enfim, pelo fim da violência e da LGBTfobia.

ACEITA QUE DÓI MENOS,

PRA TODO MUNDO!



4 comentários:

  1. Oi!
    Realmente é de assustar,apavorar na verdade toda essa barbárie que vemos por conta do preconceito e da intolerância. Saber respeitar o próximo é algo básico mas que infelizmente nem todos aprendem ou querem aprender e isso aliado à intolerância só traz tristezas.
    Espero de coração que uma mudança em torno disso ocorra e desde já.
    Aliás, excelente texto.
    Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá
    Adorei poder conferir seu post por aqui, especialmente por conta de uma temática tão importante. Tudo foi muito bem incluído na psostagem, especialmente diante de todas as impressões. Foi muito bom ler esse texto mesmo. Parabéns!
    Beijos, Fer
    www.segredosemlivros.com

    ResponderExcluir
  3. Oi oi,
    Seu texto foi muito bem escrito. Você conseguiu se expressar e ser sincero diante da sua opinião.

    Diante dos acontecimentos de hoje em dia precisamos ver o outro lado...

    Beijos, Enjoy Books

    ResponderExcluir
  4. Me choca muito essa coisa das pessoas acharem que têm algum direito de criticar uma escolha de alguém, e de acharem que podem se meter na vida alheia, inclusive com violência física e psicológica. Espero mesmo que no futuro isso seja apenas uma triste lembrança, que consigamos viver numa sociedade em que todos conseguem querer o bem uns dos outros, sem esse preconceito besta por causa de uma escolha.

    ResponderExcluir

Tecnologia do Blogger.