Ads Top

Textos Antigos: O Novo Zorra ou "O dia em que a Globo seguiu os Passos da Parafernalha"


Muito se fez propaganda sobre a volta do Zorra total, o "Novo Zorra", agora mais moderno, rápido e engraçado.
A estreia do programa me deixou de queixo caído, já que não esperava uma coisa tão boa assim, (comparando com a bosta que estava antes, FOI ÓTIMO). Mas, isso não significa que não houveram algumas (cof cof... Muitas) falhas.

O primeiro ponto a ser destacado é que o Zorra foi "internetzado". Ou seja, agora ele segue o formato de "esquetes" do YouTube, de canais como Parafernalha e Porta dos Fundos.
O que funcionou ou não:
O que funcionou no novo zorra foi a rapidez dos quadros, que ajudou a prender a audiência. Se o espectador não gostar do que está vendo, ele não muda de canal, pois o quadro já vai acabar.
Porém, o que não funcionou foi o modo como os quadros foram desenvolvidos, com aquela velha regra da Tv aberta de ser "politicamente correta".
Concluindo:
Estou esperando chegar o dia em que as emissoras entenderão que o público gosta de liberdade, palavrões, e coisas que acontecem, realmente, sem bordões ou coisa do tipo.
A internet mostrou, provou isso, e, a Globo seguindo esses passos com o Zorra reafirmou essa tese.
A tv está muito voltada para o público mais velho, arcaico, esquecendo que os jovens, são os adultos de amanhã, e que, com a internet aí, as emissoras tem que conquistar essas pessoas tratadas como "crianças" o mais rápido possível. Caso contrário iremos ( com certeza ) assistir só YouTube.

OBS: A abertura me lembrou o seriado "A Toca" que a Parafernalha fez para a Netflix

Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.