Ads Top

Religiões e Ateísmo no Brasil

RELIGIÕES E ATEÍSMO NO BRASIL
Embora o Brasil não tenha começado com os portugueses, é a religião trazida por eles que moldou a sociedade brasileira. Com o começo do processo de colonização, a religião Católica foi imposta aos nativos brasileiros enquanto a religião desse povo era massacrada e oprimida.
Hoje, o Brasil vive um momento delicado em termos de aceitação do próximo, onde: “a minha religião é melhor que a sua” e: “chuta que é macumba” são comuns. Enquanto julgamos a escolha ou a condição do outro e esquecemos da nossa própria cabeça, nos afundamos em um mar de hipocrisia onde eu me julgo melhor e não aceito que o outro tenha os mesmos direitos que o eu.
Como pode um pai negar um filho simplesmente por ele não acreditar no mesmo Deus que seu progenitor? Como pode uma mãe dizer para um filho que ele não pode fazer nem participar de nada relacionado ao cristianismo só por que ele é ateu?
A imposição da sua religião sobre o outro não é só uma mutilação cultural, como também uma forma de oprimir a liberdade de escolha (prevista na constituição) e falta de humanidade.
Lamentavelmente, é comum vermos casos onde Mães de Santo (dentre outros líderes religiosos) e ateus são agredidos, mortos, simplesmente por que ALGUÉM CONSIDEROU sua escolha um ato “satânico” ou “do diabo”.
Embora o estado seja ‘laico’, infelizmente vivemos em uma sociedade onde o católico e o evangélico são mais valorizados. E, como o ser humano é fruto do seu meio, mesmo que ele não acredite em tais religiões, ele estará rodeado por elas. Podendo ser rodeado de forma ruim (sofrendo preconceito) ou de forma boa (sem preconceitos e escolhendo do que quer participar).
Quanto a isso, cabe à nós decidir: “Será que impor a minha religião é o modo certo de agradar o meu Deus? ”. Onde está o papo de: “Amai ao próximo como a ti mesmo”? Reflitam...




Nenhum comentário:

Tecnologia do Blogger.